Dezembro

 

Acontece em Dezembro

 

Coletivo Estopo Balaio apresenta… 

Espetáculo: A CIDADE DOS RIOS INVISIVEIS

A “Cidade dos Rios Invisíveis”, criado pelo Coletivo Estopô Balaio, é o terceiro espetáculo da trilogia desenvolvida junto aos moradores do Jardim Romano, zona leste paulistana. Desta vez, as apresentações ocorrem no trem da CPTM, saindo do Brás, e em uma itinerância pelas ruas do bairro até o rio Tietê. O espetáculo é inspirado no livro “As cidades invisíveis”, de Ítalo Calvino e tem como mote um mergulho na história dos bairros que margeiam o trem da linha 12 da CPTM como sendo cidades invisíveis ao olhar do viajante espectador, culminando com um percurso pelas ruas da última cidade e única a ser visitada pelo público, o Jardim Romano. A chegada ao bairro dá início a outra fase do espetáculo, quando atores e público percorrerão um roteiro nas ruas do Jardim Romano. Nesse momento, o palco passa a ser os locais nos quais a enchente foi vivenciada pelos moradores, bem como, as casas, ruas, becos que buscam retratar o modo de vida do bairro. Diversas linguagens compõem a cena de “A Cidade dos Rios Invisíveis”. Dança de rua, rap, teatro, grafite e poesia coabitam as ruas do Jardim Romano.

ESTOPO_BALAIO

Quando: Dias 05 e 06 de dezembro, sexta-feira e sábado, às 15:00.

Onde: Ponto de encontro no Espaço Cultural da Estação Brás da CPTM.

Ingressos: Só garantimos a participação mediante reserva pelo email acidadedosriosinvisiveis@gmail.com com validade até meia hora antes do espetáculo.

Duração: 3 horas.

Tel.: (11) 3188-8936.

___________________________________________________________

Cia. Antropofágica apresenta…

 

Espetáculo: MAHAGONY, MARRAGONI – SUÍTE ANTROPOFÁGICA Nº1: MUTATO NOMINE DE THE FABULA NARRATOR.

A Antropofágica nessa investigação sobre as relações entre mundo do trabalho e tempo livre, convida o público a um passeio por questões de dinheiro, diversão e suas implicações contemporâneas.

Mahagony Marragoni

Quando: De 06 a 14 de dezembro, sábados e domingos, às 19:00.

Onde: Circo do Instituto de Artes da UNESP.

End.: Rua Doutor Bento Teobaldo Ferraz, 271 – Barra Funda.

 

Atividade: Diálogos Antropofágicos com Julio Wong, sobre “O Terror e o Cinema Maldito”.

O terror sempre foi um gênero cativo aos movimentos independentes de cinema pelo mundo, movimentos que sofrem discriminação da indústria e da crítica que lhe atribuem nomes depreciativos como Filme B, Trash, Exploração (Xploitation), Spagetti (cinema de gênero feito na Itália), e no Brasil com as denominações de Cinema Marginal, Pornochanchada e Boca do Lixo.

A indústria do cinema se esforça para  manter a produção independente distante de seu público, ao mesmo tempo em que fica de olho em sua produção e a usa de celeiro tanto de ideias (produções de estúdio que abraçam estéticas lançadas no cinema independente) quanto de pessoas (cineastas como Peter Jackson e Sam Raimi que se lançaram com produções B).

O curta a ser exibido é o “Mal Passado”, que dialoga com diversos aspectos desse cinema independente, e perfeito para iniciar esse bate papo. Trailer: http://youtu.be/UNLvAG_rjto.

Quando: Dia 11 de dezembro, quinta-feira, às 20:00.

 

Atividade: Almanaquy nº 1 com Companhia do Feijão.

Espaço teatral periódico que visa reunir a variedade de material produzido no cotidiano de criação da Antropofágica. Dividido em sessões permanentes e cambiáveis, de acordo com o tipo de conteúdo a ser inserido é uma forma de compartilhar recortes diversos do processo. Desde cenas, textos e canções, até fragmentos reflexivos, piadas e curiosidades das pesquisas em andamento, tudo costurado pela estrutura cênico-editorial de um almanaque vivo. Também contém sessões de compartilhamento com outros grupos da cidade, convidados a trazer seus fragmentos para inserção nas edições mensais. Em dezembro, teremos a Companhia do Feijão como grupo convidado.

Quando: Dia 20 de dezembro, sábado, às 20:00.

 

Onde: Espaço Pyndorama.

End.: Rua Turiassú, 481 (Próximo ao metrô Barra Funda).

 

Tel.: (11) 3871-0373 ou 99269-0189

Site: www.antropofagica.com. Facebook: Cia Antropofágica.

___________________________________________________________

Folias D’arte apresenta…

 

 Espetáculo: FOLIAS D’ARC

“Folias D’Arc” conta a saga de Joana D’Arc, donzela e guerreira, que ousou discutir com as grandes instituições da sua época e que tem a sua vida ceifada em uma das muitas fogueiras da “Santa” Inquisição. Conta ainda o arrependimento da Instituição Igreja através de um “pedido de desculpas” que a consagrará Santa Joana D’Arc. O espetáculo, a partir do texto de Timochenko Wehbi, “Vozes da agonia ou Santa Joaninha e sua peleja contra os homens de igreja e contra os homens de guerra”, através de seus atores-narradores recria uma ambientação de feiras medievais culminando com uma alegórica procissão pelas ruas ao devido lugar onde a Santa foi alçada.

Quando: De 06 a 14 de dezembro, sábados e domingo às 17:00.

Onde: Galpão do Folias.

End.: Rua Ana Cintra, 213, Santa Cecília (próximo ao Metrô Santa Cecília).

Ingressos: R$ 40 inteira e R$ 20 meia-entrada. R$ 10 para os moradores de Santa Cecília. Estacionamento com convênio.

Duração: 100 minutos.

Classificação etária: 10 anos.

Tel.: (11) 3361-2223.

_____________________________________________________

Pessoal do Faroeste apresenta…

 

Espetáculo: LUZ NEGRA

A Cia. Pessoal do Faroeste tem o prazer de apresentar “Luz Negra”; um musical escrito por Paulo Faria com nove partituras inéditas, que estreia em 14 de outubro, terça-feira, às 21h na sede Luz do Faroeste. “Luz Negra” encerra a trilogia iniciada em 2012 com Cine Camaleão e no ano seguinte, em 2013, Homem Não Entra sobre temas relacionados à cidade de São Paulo, em especial a Região da Luz, a Boca do Lixo, onde a Cia Faroeste está instalada a uma década e meia. É também o espetáculo que reafirma a parceria entre a Cia e atriz Mel Lisboa na reconstrução da história da Região da Luz. “Luz Negra” é um espetáculo musical sobre a região da Luz e a Frente
Negra Brasileira em São Paulo nos anos 1930.

Para esta montagem o Pessoal do Faroeste convidou atores negros com experiência na pesquisa da cultura negra no Brasil, para somar, trocar experiências e saberes – integrando assim o elenco da montagem.

Quando: De 02 a 17 de dezembro, terças e quartas-feiras, às 19:00.

Onde: Sede Luz do Faroeste.

End.: Rua do Triunfo, 301, Luz, São Paulo (Metrô Luz).

Ingressos: Pague o quanto puder. Quem chegar uma hora antes define quanto  quer pagar depois de ter visto a peça. Antecipados ou reserva por R$ 40,00 (quem ligar antes para reservar lugar perde a vantagem do pague quanto puder). Reservas pelo telefone 3362-8883 ou  pelo email reservafaroeste@gmail.com.

Capacidade: 80 lugares.

Duração: 75 minutos.

Classificação etária: 12 anos.

___________________________________________________________

Teatro União e Olho Vivo apresenta…

 

Espetáculo: A COBRA VAI FUMAR.

Quando: Dia 07 de dezembro, domingo, às 16:00.

Onde: Instituição Associação Grupo Viva a Vida de Vila Curuçá / São Miguel / Itaim Paulista.

End.: Rua Pedro Meira, s/nº.

___________________________________________________________

Instituto Pombas Urbanas apresenta…

 

Espetáculo: TRECOS E TRECOS

Trecos e Trecos é um espetáculo das companhias Cervantes do Brasil (Icapuí/CE) e Bando La Trupe (Natal/RN) que o instituto Pombas Urbanas está recebendo. É uma ação de arte pública de rua, composta por um repertório de breves espetáculos (“trecos”), que são apresentados, normalmente, ao longo de um dia de ocupação de espaços público (praças, ruas, feiras, parques). Entre os espetáculos, acontecem rodas de conversas com temas levantados na hora entre os artistas e espectadores.

Quando: Dia 06 de dezembro, sábado, às 11:00.

Onde: Centro Cultural Arte em Construção.

End.: Av. dos Metalurgicos, 2100, Cidade Tiradentes.

Duração: 60 minutos.

Classificação etária: Livre.

Tel.: (11) 2285-5699 / 2285-7758.

Site: www.pombasurbanas.org.br; www.pombasurbanas.org.br/blog

__________________________________________________________

Kiwi Companhia de Teatro apresenta…

 

 Espetáculo: SUDADO.

A Kiwi Companhia de Teatro, através do Projeto Manual de autodefesa intelectual, traz da Argentina o espetáculo teatral Sudado. A estética de “Sudado” tem por base o desejo de lançar um outro olhar sobre a cultura popular andina dos últimos 20 anos e seu contexto portenho. Para compor os personagens e alimentar a atmosfera do texto, a montagem toma para si a poética e o colorido dos restaurantes peruanos da zona de Abasto, o clima dos bares de cúmbia peruana e o universo das obras em construção. A investigação realizada pelo diretor e pelos atores permite ao espectador indagar sobre o imigrante e a classe trabalhadora da região. Diretor: Jorge Eiro. Atores: Julián Cabrera, Facundo Livio Mejías e Facundo Aquin.

Quando: De 09 a 14 de dezembro. Terça à sábado às 20:00. Domingo às 19:00.

Onde: Espaço da Companhia do Feijão.

End.: Rua Teodoro Baima, 68, República.

Ingressos: Gratuitos. Retirar na bilheteria 1h antes das sessões. Estacionamento conveniado ao lado por R$ 15,00.

Lotação: 60 lugares.

Duração: 60 minutos.

Classificação etária: 12 anos.

Tel.: (11) 3259-9086.

 

Atividade: Conversas com convidados após as apresentações do espetáculo “Sudado”.

Convidado: Geraldo Campos (Diretor do Instituto de Cultura Árabe) e Companhia Estável de Teatro.

Quando: Dia 09 de dezembro, após apresentação.

 

Convidado: Companhia do Feijão.

Quando: Dia 10 de dezembro, após apresentação.

 

Convidado: Cia do Tijolo

Quando: Dia 11 de dezembro, após apresentação.

 

Convidado: Grupo Buraco d’Oráculo e Grupo Engenho Teatral.

Quando: Dia 12 de dezembro, após apresentação.

 

Convidado: Grupo Teatral Parlendas.
Quando: Dia 14 de dezembro, após apresentação.

 

Onde: Espaço da Companhia do Feijão.

End.: Rua Teodoro Baima, 68, República.

Tel.: (11) 3259-9086.

___________________________________________________________

Companhia do Feijão apresenta…

 

Atividade: Exibição do documentário “Osvaldão”.

O Núcleo Bico do Papagaio – frente Guerrilha do Araguaia da Companhia do Feijão, em parceria com o Grupo Mata! de Teatro, trazem à nossa sede o documentário “Osvaldão”, com uma conversa com os diretores após a exibição.  Estreado recentemente na 38° Mostra Internacional de Cinema, o filme narra a trajetória de Osvaldo Orlando da Costa, o Osvaldão, mineiro de Passa Quatro, campeão de boxe, que se misturou com a floresta e se transformou em comandante da Guerrilha do Araguaia. Com narrações de Criolo, Antônio Pitanga e Leci Brandão, o documentário revela o mito do homem que era “invisível”, temido pela ditadura militar e adorado pela população local. Gravado em Passa Quatro, Araguaia e Rio de Janeiro, contém ainda imagens exclusivas de um documentário do Praga Filme Pujikovna, do qual o guerrilheiro foi protagonista. Osvaldão morreu em 1974, com 35 anos, desarmado e faminto, e teve seu corpo pendurado em um helicóptero como prova de que estava morto. Até hoje seus restos mortais não foram encontrados. O filme é uma valiosa contribuição ao restabelecimento da memória do país e à luta pelos direitos humanos.

Quando: Dia 02 de dezembro, terça-feira, às 20:00.

Onde: Companhia do Feijão

End.: Rua Dr. Teodoro Baima 68, República

Ingressos: Gratuitos.

Tel.: (11) 3259-9086.

 

Atividade: Onde estão os palhaços?

Intervenção pública surpresa do Núcleo Palhaços da Companhia do Feijão, a título de mostra de processo de sua atual pesquisa de linguagem.

Quando: Dia 16 de dezembro, terça-feira, às 16:00.

Onde: Praça da República, Centro.

Ingressos: Gratuitos.

 _____________________________________________________

Paidéia Associação Cultural apresenta…

 

Atividade: Mostra Shakespeare – Núcleo de Vivência Teatral

Conhecido como um dos maiores dramaturgos da história, esse ano comemoramos 450 de William Shakespeare. Para comemorar e sempre aprender com esse grande mestre, o Núcleo de Vivência Teatral da Paidéia escolheu cinco de suas obras para trabalhar ao longo do ano. O resultado desse estudo está sendo conferido na programação de novembro e dezembro.

 

Espetáculo: A COMÉDIA DOS ERROS – Núcleo de Vivência Teatral.

Emília, mulher de Egeu, dá à luz gêmeos, na mesma casa e no mesmo dia em que um casal miserável também tem os seus. Os dois meninos pobres são comprados por Egeu para servirem de escravos a cada um dos seus filhos. Mais tarde, um naufrágio separa a família. De um lado, Egeu fica com um dos filhos e o seu pequeno criado; de outro, a esposa e o resto da família vão parar em Éfeso. Anos depois, os irmãos se reencontram naquela cidade, onde se passa uma série de desencontros e confusões entre a população do lugar, a família e os próprios gêmeos.

 

Espetáculo: COMO GOSTAIS – Núcleo de Vivência Teatral.

Rosalinda, uma jovem que, em meio a uma disputa sucessória em um ducado na França, precisa fugir da vida na corte. Para chegar ao seu final feliz, ela terá de passar por mil provações, inclusive se disfarçar de homem. É dessa peça a célebre fala: “O mundo inteiro é um palco, e todos os homens e mulheres, apenas atores. Eles saem de cena e entram em cena, e cada homem a seu tempo representa muitos papéis”.

 

Quando: Dias 06 e 07 de dezembro, sábado, das 17:00 às 19:00.

Ingressos: R$10 a inteira e R$5 a meia-entrada.

Classificação etária: 12 anos.

 

Atividade: Projeto Perdigoto – Márcio Vinícius.

Márcio Vinicius iniciou sua carreira em 1990 como ator e aderecista no estado do Amazonas. No ano de 2000 foi convidado a trabalhar em São Paulo com J. C. Serroni e, a partir daí, começou a trabalhar com diretores, dramaturgos, produtores e grupos teatrais como Gabriel Villela, Márcio Aurélio, Dib Carneiro Neto, Roberto Lage, Os Satyros, Lavínia Pannuzio, entre outros. Em 2008 fundou a empresa Mais Cenografia. Como cenógrafo e figurinista recebeu diversos prêmios, como, Shell, Femsa e Bibi Ferreira.

Quando: Dia 06 de dezembro, sábado, às 11:00.

Duração: 2 horas.

Classificação etária: 12 anos.

Inscrições: Gratuitas.

 

Atividade: Vivência Teatral para Jovens.

Coordenado pela Cia. Paidéia de Teatro, o curso – anual, gratuito e não-profissionalizante – é destinado a jovens com idade acima de 14 anos, interessados pelo fazer teatral. Ao participar da Vivência Teatral, o jovem entra em contato com a arte da interpretação, com o trabalho corporal e vocal. O curso tem como resultado final a montagem e apresentação de uma peça.

Quando: Sábados, das 9:00 às 16:00.

 

Atividade: Coral

Sob a regência do maestro Paulo Franco, o Coral da Paidéia é anual, gratuito e para todas as idades a partir de 14 anos. O trabalho que o Maestro desenvolve na Paidéia é com base na música popular brasileira.

Quando: Sábados, das 9:00 às 10:30.

 

Onde: Paidéia Associação Cultural.

End.: Rua Darwin, 153, Jardim Santo Amaro.

Tel.: (11) 5522.1283

Informações: www.paideiabrasil.com.br/ ciapaideia@paideiabrasil.com.br

 _____________________________________________________

Projeto Bazar apresenta…

 

Espetáculo: (VER [ ] TER)

Criação cênica da Cia. Les Commediens Tropicales de caráter intervencionista e faz parte do 2º Bazar de Espetáculos, uma mos­tra ide­a­li­zada e rea­li­zada pelo Núcleo Cênico Pro­je­to­Ba­Zar e que já acontece desde outubro. Sem fábula aparente, sem conexão direta entre cenas, “(ver[ ]ter)” explora a explosão do sentido e do espaço de atuação.

Quando: Dia 12 de dezembro, sexta-feira, às 14:00.

Onde: Biblioteca Municipal Cassiano Ricardo.

End.: Av. Celso Garcia, 4200, Tatuapé.

Lotação: 50 lugares (Acesso para PNE).

Duração: 60 minutos.

Classificação etária: Livre.

 

Atividade: Que Amores São Esses? [Teatro + Indivíduo + Sociedade]³

A série de debates “Que Amores São Esses” se propõe a tratar as relações do teatro com outras áreas. O título do ciclo [Teatro + Indivíduo + Sociedade]³ foi escrito desta forma, elevando à terceira potência a somatória temática, porque as mesas de debate farão intersecções entre os temas de maneira não ordenada, por vezes multiplicando a relação do Teatro com ele mesmo, por exemplo. Outro diferencial deste ciclo, em relação aos anteriores, é a opção por trazer para estas discussões pessoas do nosso entorno: público não acadêmico, para dividir conosco suas experiências reais.

Nesse encontro “Mesa Setas à para onde elas apontam”, abordaremos as questões dos trabalhadores “Homem setas” que se propagaram em inúmeras ações publicitárias para divulgação dos novos empreendimentos imobiliários em todas as regiões de São Paulo e principalmente no Tatuapé após o decreto da Lei cidade Limpa, a especulação imobiliária, a temática sobre o trabalho ilegal e a relação dos trabalhadores que necessitam do trabalho divulgando imóveis que não serão usufruídos por eles. Mediador: Luciano Carvalho – Músico, ator e preparador musical.

Quando: Dia 13 dezembro, sábado, às 19:00.

Onde: Biblioteca Municipal Cassiano Ricardo.

End.: Av. Celso Garcia, 4.200 – Tatuapé.

___________________________________________________________

Cia. Truks apresenta…

 Atividade: Oficina “O Teatro para Crianças da Cia Truks”.

Serão conteúdos da oficina: estudos sobre dramaturgia, os procedimento da cena para crianças, sob a ótica da Cia Truks e elaboração de projetos. O ministrante da oficina será Henrique Sitchin,. Henrique foi um dos fundadores da Cia Truks, em 1990, e é o atual coordenador e diretor artístico do grupo, com o qual recebeu diversos prêmios. Coordenou, durante 10 anos, o Centro de Estudos e Práticas do Teatro de Animação, espaço de referências para esta arte, na cidade de São Paulo. Autor de diversos espetáculos da Cia Truks, atua também na produção de textos para literatura infantil. Publicou, ainda, três títulos sobre a arte do Teatro de Animação. Estudioso da infância e do teatro para crianças, ministra cursos e oficinas por todo o país e orienta inúmeros profissionais e grupos, em seus processos de trabalhos.

Quando: De 10 de novembro a 16 de março, segundas-feiras, das 19:00 às 22:00.

Onde: Biblioteca Monteiro Lobato.

End.: Rua General Jardim, 485, Santa Cecília.

Público alvo: Adultos interessados no teatro para crianças.

Inscrições: Gratuitas. Enviar email para truks@uol.com.br

__________________________________________________________

Teatro Kunyn apresenta…

 Atividade: Oficina “O Ator e a Escuta”.

Com a atriz e diretora Miwa Yana, que tem sua pesquisa teatral num possível naturalismo para o teatro. Uma proposta de investigação da prática do ator como lugar para disponibilizar-se, estar em relação as coisas e deixar-se afetar por elas.

Quando: De 02 a 09 de dezembro, das 14:00 às 18:00.

Onde: Teatro Pequeno Ato (Antigo Ivo 60).

End.: Rua Dr. Teodoro Baima, 78, República.

Público alvo: A oficina é direcionada exclusivamente à artistas do sexo masculino acima de 18 anos.

Inscrições: Currículo com foto e carta de intenção para o email: oficinaskunyn@gmail.com

___________________________________________________________

Academia de Palhaços apresenta…

 

Espetáculo: O TEATRO MAMBEMBE DO SENHOR FRACASSA

Uma versão de “O Mambembe”, escrita por Artur Azevedo e adaptada pela Academia de Palhaços, o texto é uma revista cujo tema principal é o próprio teatro. Uma trupe de atores mambembes faz uma viagem para apresentar seu trabalho, mas o dinheiro acaba e algo deve ser feito para conseguirem voltar para sua cidade natal. Peça de abertura da temporada, conta sua história através de músicas tocadas e cantadas pelos próprios atores, revelando as multifacetas do que é ser artista e ter que “se virar para botar o pão na mesa”.

Quando: Dia 03 de dezembro, quarta-feira, às 20:00.

Onde: Ecoponto.

End.: Rua Arnould Lima s/n (próximo ao parque Central), União de Vila Nova, Zona Leste.

 

Quando: Dia 10 de dezembro, quarta-feira, às 20:00.

Onde: Parque Linear Tiquatira.

End.: Av. Governador Carvalho Pinto, s/n, Jardim Jaú, Zona Leste.

 

Quando: Dia 15 de dezembro, segunda-feira, às 20:00.

Onde: CEU Vila do Sol.

End.: Av. dos Funcionários Públicos, 369, Vila do Sol, Zona Sul.

 

Espetáculo: LÁGRIMAS DE MÃE

Texto de José Soares, este dramalhão conta as agruras de uma pobre mãe que sofre os maus tratos de seu filho ingrato, enquanto espera a volta do outro filho, o bom e trabalhador, que fora trabalhar além da fronteira para ganhar dinheiro e mudar de vida. A encenação toma ares oníricos e brinca com o imaginário imagético do sertão brasileiro e dos desertos mexicanos. Uma encenação delicada, que busca alcançar a força de comoção do melodrama circense.

Quando: Dia 04 de dezembro, quinta-feira, às 20:00.

Onde: Ecoponto.

End.: Rua Arnould Lima s/n (próximo ao parque Central), União de Vila Nova, Zona Leste.

 

Quando: Dia 11 de dezembro, quinta-feira, às 20:00.

Onde: Parque Linear Tiquatira.

End.: Av. Governador Carvalho Pinto, s/n, Jardim Jaú, Zona Leste.

 

Quando: Dia 16 de dezembro, terça-feira, às 20:00.

Onde: CEU Vila do Sol

End.: Av. dos Funcionários Públicos, 369, Vila do Sol, Zona Sul.

 

Espetáculo: AS DESGRAÇAS DE UMA CRIANÇA

Escrito por Martins Pena, essa comédia traz à cena uma sequência de quiproquós e divertidas histórias que se passam na noite da missa do galo. Uma jovem mãe apaixonada, um sacristão desviado, um velho libidinoso, um soldado picareta e a empregada bagaceira irão se revezar para cuidar do pobre bebê, que apesar de estar no título da peça, acaba ficando totalmente em segundo plano

Quando: Dia 05 de dezembro, sexta-feira, às 20:00.

Onde: Ecoponto.

End.: Rua Arnould Lima s/n (próximo ao parque Central), União de Vila Nova, Zona Leste.

 

Quando: Dia 12 de dezembro, sexta-feira, às 20:00.

Onde: Parque Linear Tiquatira.

End.: Av. Governador Carvalho Pinto, s/n, Jardim Jaú, Zona Leste.

 

Quando: Dia 17 de dezembro, quarta-feira, às 20:00.

Onde: CEU Vila do Sol.

End.: Av. dos Funcionários Públicos, 369, Vila do Sol, Zona Sul.

 

Espetáculo: NOSFERATU – O VAMPIRO DAS SOMBRAS

Adaptação baseada em dois filmes ícones do cinema mundial: Nosferatu – eine Symphonie des Grauens (1922), dirigido por Friedrich W. Murnau e Nosferatu – Phantom der Nacht (1979), de Werner Herzog. Este espetáculo é uma pantomima, pois seus atores não falam, apenas se comunicam através de movimentos e gestos, interagindo com narrações e projeções de vídeo noos cenários. A peça conta a história de um corretor de imóveis que vende a casa ao lado da sua para o estranho Conde Nosferatu. Sem saber, o ingênuo corretor traz para sua cidade a peste e a morte personificadas em um vampiro terrível.

Quando: Dia 06 de dezembro, sábado, às 20:00.

Onde: Ecoponto.

End.: Rua Arnould Lima s/n (próximo ao parque Central), União de Vila Nova, Zona Leste.

 

Quando: Dia 13 de dezembro, sábado, às 20:00.

Onde: Parque Linear Tiquatira.

End.: Av. Governador Carvalho Pinto, s/n, Jardim Jaú, Zona Leste.

 

Quando: Dia 18 de dezembro, quinta-feira, às 20:00.

Onde: CEU Vila do Sol.

End.: Av. dos Funcionários Públicos, 369, Vila do Sol, Zona Sul.

 

Espetáculo: A PAIXÃO DE CRISTO SEGUNDO SÃO RUBINHO

Esta é uma história universal, o espetáculo teatral mais montado na história do país. Mas com o texto escrito pela própria Academia de Palhaços, o espectador assistirá à vida de Jesus Cristo de uma forma inédita. Esta célebre história é contada a partir de um fictício evangelho apócrifo escrito por São Rubinho, um suposto décimo terceiro apóstolo, que além de discípulo de Cristo, era ator, mentiroso e falastrão.

Quando: Dia 07 de dezembro, domingo, às 20:00.

Onde: Ecoponto

End.: Rua Arnould Lima s/n (próximo ao parque Central), União de Vila Nova, Zona Leste.

 

Quando: Dia 14 de dezembro, domingo, às 20:00.

Onde: Parque Linear Tiquatira.

End.: Av. Governador Carvalho Pinto, s/n, Jardim Jaú, Zona Leste.

 

Quando: Dia 19 de dezembro, sexta-feira, às 20:00.

Onde: CEU Vila do Sol.

End.: Av. dos Funcionários Públicos, 369, Vila do Sol, Zona Sul.

 

Ingressos: Gratuitos.

Informações: www.academiadepalhacos.com

___________________________________________________________

Coletivo Quizumba apresenta…

Espetáculo: SANGOMA, com a Cia Capulanas de Arte Negra.

O espetáculo discute temas relacionados à saúde das mulheres negras. Seis mulheres Sangomas habitam uma casa sagrada com laços ancestrais. Mulheres que romperam o silêncio compartilham suas histórias de vida e seus caminhos para chegar à cura.

Quando: Dia 14 de dezembro, domingo, às 17:00.

Onde: Goma Capulanas.

End.: Rua José Barros Magaldi, 1121, Jardim São Luís.

 

Atividade: Show Sambas Maxixes e outras batucadas com Bel Borges

Abrindo o projeto “Santas de Casa Também Fazem Milagres” do Coletivo Quizumba. O show ‘Sambas, Maxixes e outras Batucadas’ é uma celebração do Samba, entendido em seu sentido ancestral: festa, encontro, reunião onde se manifestam as várias dimensões que compreendem essa cultura – dança, música, modo de agir e viver. Um passeio onde o Samba é o idioma guia, mas se expressa em diferentes sotaques – por vezes de breque, sincopado, canção, de gafieira, passando também por ritmos como Coco, Maxixe, Ijexá, Jongo e Maracatu. No repertório fazem parte, além de composições da própria cantora, músicas de autores ligados a movimentos culturais, comunidades e rodas de Samba da periferia da grande São Paulo, como Projeto Nosso Samba de Osasco, reduto no qual a cantora se criou.

bel-borges-e-flyer

Quando: Dia 07 de dezembro, domingo, às 16:00.

Onde: CEU Caminho do Mar.

End.: Av. Engenheiro Armando de Arruda Pereira, 5241, Vila do Encontro.

 

Atividade: 1ª Assembléia de Arte Tema Mulheres e Coisas do Gênero

A 1ª Assembléia de Arte faz parte do projeto “Santas de Casa Também Fazem Milagres” e conta com diversas atividade.

quizumba-conversa-e-flyer

Atividade: Oficina Tecendo e Traçando Arte com o Coletivo Manifesto Crespo.

O projeto Tecendo e Trançando Arte resgata a cultura artística das tranças afro e suas histórias e visa a valorização das trançadeiras(os) que operam num processo criativo constante. Também quer registrar esse processo e dar visibilidade a esta arte tão difundida na cultura negra, porém pouco valorizada como patrimônio imaterial, pois as tranças afro carregam consigo uma identidade cultural artesanal, um conhecimento passado de geração em geração.

Quando: Dia 13 de dezembro, sábado, das 14:00 às 16:00.

 

Atividade: Roda de Conversa com Djamila Ribeiro.

Djamila Ribeiro é feminista negra; Mestranda em Filosofia Política na Universidade Federal de São Paulo; Escreve para o blog Escritório Feminista da Carta Capital.

Quando: Dia 13 de dezembro, sábado, das 16:00 às 17:30.

 

Atividade: Sarau – Compartilhamento público do processo dos núcleos de investigação.

Quando: Dia 13 de dezembro, sábado, das 17:30 às 18:00.

 

Atividade: Roda de conversa com Mafoane Odara.

Mafoane Odara, psicóloga formada pela USP, com mestrado em psicologia social e especializada em empreendedorismo social e formação de lideranças e agentes de transformação.

Quando: Dia 14 de dezembro, domingo, das 16:30 às 18:00.

 

Onde: AME

End.: Rua Godofredo Braga, 215, Vila Fachini.

___________________________________________________________

Grupo Pandora de Teatro apresenta…

 

Atividade: Ato Artístico Coletivo Cimento Perus.

Festival realizado pelo Grupo Pandora de Teatro em parceria com o Movimento pela Reapropriação da Fábrica de Cimento de Perus, composto por diversos movimentos culturais e sociais do bairro. Contará com mais de 30 atrações gratuitas em seis dias de festival (de 1 a 6 de dezembro 2014) em Perus, periferia da zona noroeste de São Paulo.

O objetivo do evento é celebrar a história da primeira companhia de cimento do Brasil, Portland Perus, palco de históricas lutas sindicais, políticas e sociais dos trabalhadores Queixadas e também a efervescência cultural no bairro.

Há mais de 30 anos, moradores da região e ex-operários da fábrica tentam transformar o espaço abandonado da indústria de cimento em um Centro de Lazer, Cultura e Memória do Trabalhador. Em 2012, o Movimento pela Reapropriação da Fábrica de Cimento de Perus ressignificou a causa, reunindo antigos militantes, atraindo novos simpatizantes e incorporando às reivindicações para o espaço uma Universidade Livre e Colaborativa e centros de pesquisa comunitária.

Desde então vêm sendo realizadas diversas atividades em torno desta causa, e agora, com mais um Ato Artístico Coletivo Cimento Perus chegamos à primavera desta luta, e por todos os poros se manifesta o desejo pela reapropriação e transformação, pelo uso público da Fábrica de Cimento Perus.

Quando: De 1 a 6 de dezembro. Abaixo as atrações do Festival.

 

Atividade: Oficina de Teatro.

Quando: De 01 a 05 de dezembro, das 9:00 às 12:00.

 

Atividade: Cine Clube Pandora com Ciclo Tim Burton.

Quando: De 01 a 03 de dezembro, às 20:00.

Onde: Sede do Grupo Pandora.

End.: Rua Padre Manoel Campello, 180, Perus.

 

Atividade: Debate Cultura, Ambiente e Educação – uma proposta integrada. Os novos Territórios de São Paulo.

Quando: Dia 04 de dezembro, quinta-feira, às 19:30.

Onde: Biblioteca Municipal Padre José de Anchieta.

End.: Rua Antonio Maia, 651, Perus.

 

Atividade: Intervenção de artistas e moradores do bairro em prol darevitalização da Praça Inácio Dias e passarela externa da estação de trem.

Quando: Dia 05 de dezembro, sexta-feira, às 17:00.

 

Atividade: Show Deejay Edimilson.

Deejay Edimilson irá tocar o coração de quem estiver passando pela praça com o melhor do brega e da música romântica.

Quando: Dia 05 de dezembro, sexta-feira, às 18:00.

 

Espetáculo: PERNAMBUCO EM 4 ATOS.

Com Claudio Albuquerque, seguido pela música regional do Trio José, com canções do álbum “Puisia”. A praça receberá também a artista circense Fabiana Mina, com Lira e Tecido.

Quando: Dia 05 de dezembro, sexta-feira, às 19:00.

 

Atividade: Show Jonathan Silva e I-Arc.

Jonathan Silva irá contagiar o público com sua sonoridade marcante. E para fechar a noite tem o heavy metal do I-Arc.

Quando: Dia 05 de dezembro, sexta-feira, às 21:00.

Onde: Praça Inácio Dias, Perus.

 

Atividade: Oficina de Poesia, com Geralda Dias.

Quando: Dia 06 de dezembro, sábado, às 10:00.

Onde: Sede do Grupo Pandora de Teatro.

End.: Rua Padre Manoel Campello, 180, Perus.

 

Atividade: Oficina de Fotografia, com Carlos Magno.

Quando: Dia 06 de dezembro, sábado, às 10:00.

Onde: CEU Perus.

End.: Rua Bernardo José Lorena, s/n.

 

Atividades: Intervenção de graffiti com o “Guetus Grafitti”; exposição de quadros do artista João Darci Boldo.

Quando: Dia 06 de dezembro, sábado, das 10:00 às 17:00.

 

Atividades: “Oficina de Stencil” em camisetas com Andreas Guimarães e “Intervenção de Mosaico” com a Casa das Crioulas.
Quando: Dia 06 de dezembro, sábado, das 12:00 às 17:00.

 

Onde: Passarela Externa da estação de trem Perus.

 

Atividade: Feira de artesanato “Arteferia”

Quando: Dia 06 de dezembro, sábado, das 10:00 às 17:00.

 

Atividades: Exposição com fotos antigas do bairro e da Fábrica de Cimento; e depoimentos do público na “Tenda da Memória”, com Filipe Dias.

Quando: Dia 06 de dezembro, sábado, das 12:00 às 17:00.

 

Atividade: Intervenção de Dança com do Núcleo Garagem.

Quando: Dia 06 de dezembro, sábado, às 13:00.

 

Atividade: Shows musicais de artistas locais como Amanda Souza, Pipoca e Casimiro, Lethicia Soares e Thiago Rodrigues.

Quando: Dia 06 de dezembro, sábado, à partir das 14:00.

 

Onde: Calçadão da estação de trem Perus.

 

Atividade: Aula Aberta organizada pelo Movimento pela Reapropriação da Fábrica de Cimento de Perus, seguida pela ginga do Bragadáketu Capoeira e pelos tambores do Jongo do Coreto, da Comunidade Cultural Quilombaque.

Quando: Dia 06 de dezembro, sábado, à partir das 12:00.

 

Espetáculo: SINFONIA DE UM PALHAÇO

Espetáculo da Cia da Janela sobre a ditadura militar brasileira e as formas de controle dos nossos modos de vida.

Quando: Dia 06 de dezembro, sábado, às 14:00.

 

Atividade: Intervenção dos Ciclistas Bonequeiros, da Casa das Crioulas e Artistas Circenses com palhaços, perna de pau, aéreos e malabares. Um espaço ao fundo da Praça Inácio Dias será totalmente dedicado para as crianças com a coordenação da Trupe Drao e Kallu Whitaker.

Quando: Dia 06 de dezembro, sábado, das 14:00 às 17:00.

 

Espetáculo: MU’LEKE MULELÊ

Com o EITA Ação Cultural, seguido do show de música popular brasileira do elegante Charlis Abraão.

Quando: Dia 06 de dezembro, sábado, às 15:00.

 

Espetáculo: CONTO DE TODAS AS CORES

Espetáculo infantil  do Teatro Girandolá.

Quando: Dia 06 de dezembro, sábado, às 17:00.

 

Atividade: Show musical com DJ Douglas Alves, seguido da banda Amarelo Marinho, apresentação do Dragões de Komodo e do Street Son Crew.

Quando: Dia 06 de dezembro, sábado, às 18:00.

 

Atividade: Show de encerramento com a banda Aláfia e sua mistura de reggae, soul, rap e música de terreiro.

Quando: Dia 06 de dezembro, sábado, às 21:00.

Onde: Praça Inácio Dias, Perus.

 

Atividade: Teatro Russo – Núcleos de Pesquisa do Grupo Pandora de Teatro.

O Grupo Pandora de Teatro, atuante dá 10 anos na cidade de São Paulo, iniciará em dezembro de 2014 os núcleos de pesquisa em teatro russo e convida estudantes, artistas, pesquisadores e interessados, a participarem desta primeira etapa do seu novo processo de criação.

A partir de textos dramatúrgicos dos consagrados autores russos: Nikolai Gógol, Antón Tchékhov, Máximo Gorki e Vladímir Maiakovski, relacionando-os com o pensamento teatral de dois grandes encenadores Constantin Stanislávski e Vsevolod Meyerhold, o Grupo Pandora busca, através de encontros teórico-práticos, traçar um panorama do teatro russo e refletir sobre as suas contribuições para o teatro hoje. Coordenação: Lucas Vitorino.

 

Núcleo 1: Nikolai Gogol – O Grotesco e a Comédia do Inspetor Geral

Quando: Dezembro de 2014, sábados e domingos das 09:30 às 13:30.

Onde: CEU Pêra Marmelo.

 

Núcleo 2: Antón Tchekhov – A Arte de Cortar Adjetivos

Quando: Janeiro de 2015, sábados e domingos das 09:30 às 13:30.

Onde: CEU Vila Atlântica.

 

Núcleo 3: Máximo Gorki – Retratos da situação atual

Quando: Fevereiro de 2015, sábados e domingos das 09:30 às 13:30.

Onde: CEU Paz.

 

Núcleo 4: Vladímir Maiakovski – Teatro e poesia em tempos de revolução

Quando: Março 2015, sábados e domingos das 09:30 às 13:30.

Onde: CEU Pq. Anhanguera.

 

Núcleo 5: Vsevolod Meyerhold – O tetaro popular e as vanguardas

Quando: Abril de 2015, sábados e domingos das 09:30 às 13:30.

Onde: CEU Perus.

 

Inscrições: Atividade gratuita. Pode-se participar de quantos núcleos quiser. Para se inscrever, favor enviar um email para grupopandoradeteatro@yahoo.com.br. Informações:http://grupopandora.blogspot.com.br e grupopandoradeteatro@yahoo.com.br.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s